Los revolucionarios ante las elecciones burguesas y el parlamento

Presentamos aquí una colección de documentos para ayudar al estudio y la discusión de cual debería ser la relación de los revolucionarios con el parlamentarismo y la democracia burguesa. Se seleccionaron los documentos de las discusiones en los congresos de la LIT-CI y los textos producidos y publicados después de esta discusión en la revista Marxismo Vivo. La colección incluye obras esenciales para comprender la naturaleza del estado burgués y la tarea de los revolucionarios como "El Estado y la Revolución" y extractos de "El 'izquierdismo' enfermedad infantil del comunismo", de Lenin. En los textos presentes están también las discusiones mantenidas en la III Internacional y un texto de Nahuel Moreno sobre las elecciones, que incluyen discusiones sobre parlamentarismo y posiciones antiparlamentarias. La democracia burguesa y el parlamentarismo siguen siendo un tema de discusión entre los marxistas y esta colección es una pequeña contribución a la discusión sobre este importante tema.

O parlamentarismo e a luta pelos sovietes. In: A questão parlamentar e a Internacional Comunista. 09/1919

Zinoviev, Grigory

Resumo: A fase actual do movimento revolucionário suscita várias questões, entre elas, e de forma imperiosa, a questão do parlamentarismo. Em França, na Alemanha, na América, na Inglaterra .... (Extraído do primeiro parágrafo do texto)

Idioma: Português

Páginas: 13-22

Título da série: A questão parlamentar e a Internacional Comunista

Editora: Antídoto

Cidade de publicação: Lisboa

País de publicação: Portugal

Em construção

III Internacional Comunista

Idioma: Português

Páginas: 59-103

Título da série: Marxismo Vivo - Nova época

Fascículo da série: 08

Editora: Sundermann

Cidade de publicação: São Paulo

País de publicação: Brasil

Em construção

Discurso de Bukharine sobre a questão parlamentar. In: A questão parlamentar e a Internacional Comunista. 07/1920

Bukharin, Nikolai

Resumo: Este último, defende um ponto de vista, segundo o qual, na nossa época de destruição do sistema capitalista mundial, não existem razões para participar em nenhum Parlamento. (Extraído do segundo parágrafo do texto)

Idioma: Português

Páginas: 23-38

Título da série: A questão parlamentar e a Internacional Comunista

Editora: Antídoto

Cidade de publicação: Lisboa

País de publicação: Portugal

Em construção

Discurso de Bordiga representante da Fracção Abstencionista Italiana. In: A questão parlamentar e a Internacional Comunista. 07/1920

Bordiga, Amadeo

Resumo: A fracção de esquerda do Partido Socialista Italiano é antiparlamentar por razões que não se referem apenas a Itália, mas têm um carácter geral. (Extraído do primeiro parágrafo do texto)

Idioma: Português

Páginas: 39-49

Título da série: A questão parlamentar e a Internacional Comunista

Editora: Antídoto

Cidade de publicação: Lisboa

País de publicação: Portugal

Em construção

Discurso de Lenine. In: A questão parlamentar e a Internacional Comunista. 07/1920

Lenin, Vladimir Ilich

Resumo: O camarada Bordiga quis, visivelmente, defender aqui as posições dos marxistas italianos mas, não obstante, não respondeu a nenhum dos argumentos avançados por outros marxistas a favor da acção parlamentar. (Extraído do primeiro parágrafo do texto)

Idioma: Português

Páginas: 51-56

Título da série: A questão parlamentar e a Internacional Comunista

Editora: Antídoto

Cidade de publicação: Lisboa

País de publicação: Portugal

Em construção

Resposta de Bordiga a Lenine. In: A questão parlamentar e a Internacional Comunista. 07/1920

Bordiga, Amadeo

Resumo: As objecções do camarada Lenine às teses e argumentos que defendi levantam questões muito interessantes que não quero abordar aqui e que se relacionam com o problema geral da tática marxista. (Extraído do primeiro parágrafo do texto)

Idioma: Português

Páginas: 57-58

Título da série: A questão parlamentar e a Internacional Comunista

Editora: Antídoto

Cidade de publicação: Lisboa

País de publicação: Portugal

Em construção

Anon

Resumo: O Parlamento é a forma de representação política própria do regime capitalista. A crítica de princípio que fazem os comunistas marxistas do parlamentarismo e da democracia burguesa em geral demonstra que .... (Extraído do primeiro parágrafo do texto)

Idioma: Português

Páginas: 89-94

Título da série: A questão parlamentar e a Internacional Comunista

Editora: Antídoto

Cidade de publicação: Lisboa

País de publicação: Portugal

Em construção

Os revolucionários frente à democracia burguesa, às eleições e o Parlamento. XIIº Congresso Mundial da Liga Internacional dos Trabalhadores - LIT-QI - Versão em português. 03/12/2015

Liga Internacional dos Trabalhadores - LIT. Comitê Executivo Internacional - CEI

Resumo: A política preferencial do imperialismo para desmontar processos revolucionários foi nas últimas décadas a "reação democrática". Isso gerou uma brutal pressão sobre as organizações de esquerda, incluindo as da LIT. Estas, pese as dificuldades, no essencial resistiram as pressões. Mas em varias oportunidades capitularam a elas. E isso não só por problemas objetivos - o peso brutal das pressões - mas por debilidades subjetivas para enfrentar as pressões oportunistas

Idioma: Português

Páginas: 1-17

Notas de conteúdo: 1. A democracia burguesa e seu parlamento
2. Os bolcheviques e a Terceira Internacional frente as eleições e ao parlamento
3. A relação com as correntes burguesas, reformistas e oportunistas nas campanhas eleitorais
4. O caso da Inglaterra
5. Nossa corrente frente às eleições e o parlamento

Título da série: Congresos e Conferencias Mundiales de la Liga Internacional de los Trabajadores - LIT - CI

Volume da série: XII Congresso Mundial

Fascículo da série: BDI 4

Organização responsável: LI-CI

Cidade de publicação: São Paulo

País de publicação: Brasil

Em construção

Uma crítica ao texto: "Os revolucionários frente à democracia buguesa, às eleições e o parlamento" (BDI 4). XIIº Congresso Mundial da Liga Internacional dos Trabalhadores - LIT-QI - Versão em português. 09/12/2015

Aguena, Paulo ( Catatau ); Trogo, Gloria; Ana Luisa

Resumo: Os autores defendem que o texto do CEI "Os revolucionários frente à democracia burguesa..." converte uma tática, que é a das candidaturas próprias em uma estratégia e que isso não se baseia na experiência da III nem na avaliação dos clássicos. Que se podem encontrar citações em ambos sentidos nos textos de Lenin, Trotsky e Moreno. E que está usando um criterio errado, ao afirmar que esta discussão "ameaça o futuro da internacional"

Idioma: Português

Páginas: 19-23

Notas de conteúdo: 1. Tática e estratégia
2. Lenin e os bolcheviques
3. Moreno e nossa corrente, ontem e hoje
4. Conclusão

Título da série: Congresos e Conferencias Mundiales de la Liga Internacional de los Trabajadores - LIT - CI

Volume da série: XII Congresso Mundial

Fascículo da série: BDI 5

Organização responsável: LI-CI

Cidade de publicação: São Paulo

País de publicação: Brasil

Em construção

Sobre a participação dos revolucionários nas eleições. In: Marxismo Vivo - Nova época, n. 08. 11/2016

Aguena, Paulo

Idioma: Português

Páginas: 115-128

Título da série: Marxismo Vivo - Nova época

Fascículo da série: 08

Editora: Sundermann

Cidade de publicação: São Paulo

País de publicação: Brasil

Em construção